Saiba quais são os exames indicados para as doenças da tireoide

Tireoide: principais doenças e exames indicados

Por Dra. Suemi Marui

 

A tireoide influencia grande parte dos processos metabólicos do corpo. Os problemas de tireoide mais recorrentes são o hipotireoidismo, que consiste na produção insuficiente dos hormônios e o hipertireoidismo, que é quando há excesso na produção hormonal. 

O que é e para que serve a tireoide?

A tireoide é uma glândula que secreta os hormônios T3 (trioiodotironina) e T4 (tiroxina) e está localizada na região anterior do pescoço. 

A produção dos hormônios da tireoide depende do estímulo do TSH (hormônio estimulador da tireoide), secretado pela hipófise. Os hormônios da tireoide são responsáveis pelo funcionamento de diversos órgãos, como sistema nervoso, intestino, coração, ossos, pele, cabelos e pelo nosso metabolismo e peso.

Quais são as doenças relacionadas à tireoide?

As principais doenças relacionadas à tireoide, são:

  • Hipotireoidismo;

  • Hipertireoidismo;

  • Bócio;

  • Nódulos na tireoide;

  • Câncer de tireoide.

Quais são os sintomas de problemas na tireoide?

Quando a tireoide não está funcionando corretamente, significa que a produção dos hormônios tireoidianos pode ser insuficiente, causando o hipotireoidismo, ou a produção pode ser excessiva, causando o hipertireoidismo.

Geralmente isso ocorre por doença autoimune, ou seja, o indivíduo produz anticorpos contra a sua própria tireoide, fazendo com que ela funcione menos ou mais. A tireoidite de Hashimoto e a doença de Graves são as causas mais frequentes, causando respectivamente hipo e hipertireoidismo.

Os sintomas de hipotireoidismo em adultos, são:

  • Diminuição da memória;

  • Cansaço excessivo;

  • Dores musculares e articulares;

  • Sonolência;

  • Depressão;

  • Dificuldade em perder peso;

  • Inchaço;

  • Intolerância ao frio.

O adulto com hipertireoidismo apresenta:

  • Palpitação;

  • Agitação;

  • Tremores;

  • Pouco sono;

  • Sensação de muita energia;

  • Cansaço;

  • Câimbras;

  • Perda de peso, embora a fome seja exagerada;

  • Aumento do número de evacuações;

  • Sensação de calor;

  • Sudorese constante.

O bócio pode ser difuso ou conter nódulos e é conhecido por aumentar o tamanho da tireoide, podendo ou não estar associado à hiper ou hipotireoidismo. O aumento do volume da glândula é lento e progressivo e por isso a pessoa vai se adaptando. Somente quando a tireoide fica muito grande que as sensações de falta de ar e engasgos ocorrem.

Nódulo e câncer de tireoide geralmente não causam sintomas e também não alteram a função da tireoide.

O que causa problemas na tireoide?

Hipotireoidismo e hipertireoidismo são geralmente causados por doenças autoimunes.

Algumas medicações podem causar alterações na tireoide, como amiodarona, iodo, lítio e drogas para imunoterapia.

Nódulo e câncer de tireoide não possuem uma causa determinada. Pacientes que receberam irradiação no pescoço ou que tem familiar com câncer de tireoide são mais suscetíveis.

Exames da tireoide

Os exames disponíveis são:

  • Exames de dosagem de hormônios: para avaliar a função da tireoide, as dosagens de T4 livre e TSH geralmente são suficientes.

  • Dosagem de anticorpos: para o diagnóstico de tireoidite de Hashimoto e doença de Graves.

  • Biópsia ou punção: somente deve ser feita quando o nódulo tireoidiano for suspeito para câncer de tireoide.

  • Ultrassom (US) da tireoide: é o método de escolha para avaliar nódulo da tireoide. O exame também mostra as características de doença autoimune da tireoide e o tamanho. 

  • Cintilografia da tireoide: necessária quando há dúvida no diagnóstico de hipertireoidismo.

Neste tópico, aproveitamos para abordar sobre a saúde da mulher. No início da menopausa, recomenda-se que as mulheres realizem exames com maior frequência, incluindo também o ultrassom da tireoide, principalmente caso haja na família alguém com câncer de tireoide.

Quais são os tratamentos para as doenças da tireoide?

Nos casos de hipotireoidismo, o tratamento é feito com levotiroxina. Nos casos de hipertireoidismo, o tratamento pode ser com droga antitireoidiana (metimazol), radioiodoterapia ou cirurgia. 

A maioria dos pacientes com nódulos de tireoide não precisam de tratamento, somente seguimento. Já o câncer de tireoide é tratado com cirurgia. 

Quando é necessário realizar cirurgia de tireoide?

Somente quando o nódulo apresentar uma punção sugestiva de câncer de tireoide. Algumas vezes a cirurgia é necessária porque a punção não conseguiu esclarecer o diagnóstico ou porque o nódulo está causando prejuízo na respiração ou deglutição. A cirurgia pode ser uma opção de tratamento para o hipertireoidismo.

Quando procurar um médico?

É extremamente importante realizar consultas médicas periódicas para fazer exames de check-up médico regularmente. O cuidado preventivo é essencial para evitar doenças.

Onde fazer os exames?

No Alta Diagnósticos você pode realizar seus exames com rapidez, qualidade e tecnologia de ponta desde o agendamento até a entrega de resultados. Para agendar, basta acessar nossa plataforma de agendamento online.

 

Agende seu exame

Se quiser agendar no RJ clique aqui

 

Categoria
Saúde