Nidação: o que é? O corrimento marrom é um sinal de gravidez?

Nidação: o que é e quando o sangramento indica gravidez

Por Dra Nilka Fernandes Donadio 

 

Chamamos de nidação o processo de implantaçao do óvulo fecundado no endométrio, tecido que reveste a parte interna do útero. 

Esse processo pode causar um pequeno sangramento, o corrimento marrom, que é um indicador de gravidez e possui determinadas diferenças com a menstruação e o escape. 

O que é nidação? 

A nidação, ou implantação, é a fixação do embrião no endométrio, caracterizando o início do primeiro trimestre de gravidez

Por que ocorre o sangramento de nidação? 

Para que ocorra a gravidez, após a ovulação (saída do óvulo de um dos ovários), a trompa captura este óvulo e o faz transitar pela tuba ou trompa uterina. Tendo ocorrido uma relação sexual, há a possibilidade de encontro desse ovulo com os espermatozoides. Ocorre assim a fertilização ou fecundaçao, que é a entrada de um ou mais espermatozoides dentro do óvulo. Quando fertilizado, esse ovulo passa a ser chamado de zigoto e inicia a sua viagem até a cavidade uterina. 

Ainda dentro da trompa, o zigoto começa a se dividir sucessivamente em várias células , até chegar ao estágio de blastocisto, que consiste em um pré-embrião revestido por uma camada externa chamada de zona pelúcida, com cerca de 120-150 células, e que possui uma cavidade contendo líquido em seu interior, chamada blastocele.  

Concomitante a esses eventos, o pré-embrião vai sendo encaminhado da trompa para o útero, chegando à cavidade uterina ao redor de 5 a 6 dias após a ovulação. Neste período, o endométrio já se proliferou em resposta ao estrogênio e se encontra na fase chamada secretora, em resposta a produção de progesterona pelos ovários. Quando o blastocisto, orientado por substâncias produzidas pelo endométrio, localiza um lugar adequado para se fixar, ele sai da camada externa protetora e começa a se infiltrar e penetrar no endométrio, evento chamado de nidação. 

Como é o sangramento de nidação? 

Devido a esse processo, pode ocorrer um discreto sangramento, parecido com menstruação, mas com fluxo muito menor, mais escuro e intermitente. 

O sangramento da nidação pode ser confundido com o chamado sangramento do meio do ciclo, que ocorre exatamente no dia da ovulação, também com fluxo intermitente, de pequeno volume e que dura de 1 a 2 dias. O sangramento do meio do ciclo ocorre por uma diminuição temporária e discreta na produção de estrogênio pelos ovários, justamente pela extrusão do óvulo, levando a uma discreta descamação do endométrio pela queda do estrogênio, que é responsável pelo desenvolvimento e proliferação deste. 

Quanto tempo dura o sangramento de nidação? 

Dura no máximo 2 ou 3 dias. 

Etapas do ciclo menstrual 

O ciclo menstrual é dividido em 3 fases: fase folicular, ovulatória e lútea.  

  • Fase folicular: acontece no primeiro dia da menstruação e dura de 12 a 14 dias. Essa etapa é caracterizada por expelir o endométrio quando não há sinal de gravidez (menstruaçao), seguido pela formaçao e proliferaçao do novo endometrio ( fase proliferativa).
    A hipófise libera o hormônio folículo estimulante (FSH), que estimula o ovário a produzir folículos ovarianos. O crescimento dos folículos produz estragenios que  estimulam o revestimento do útero para se preparar para uma possível gestação. 

  • Fase ovulatória: é quando ocorre a ovulação, ou seja, o óvulo maduro é liberado na superfície do ovário. Isso ocorre no meio do ciclo, cerca de duas semanas ou mais antes do início da menstruação. Nessa etapa há o aumento da produção de LH (hormônio luteinizante) e o óvulo é liberado para ser captado pela trompa de Falópio. 

  • Fase lútea: é quando se forma o corpo-lúteo a partir do folículo ovariano dominante que se rompeu. Ele produz estrogenio e progesterona, responsáveis pela vascularizaçao e secreçao endometriais, auxílio essencial para a nidaçao do embrião. Essa etapa dura cerca de 14 dias.  

O óvulo permanece nas trompas entre 24 a 36 horas, podendo ser fecundado ou não. Caso seja fecundado, o óvulo se torna um embrião e, após a nidaçao e formaçao da placenta, passa a produzir o hormônio hCG (gonadotropina coriônica). 

Se o óvulo não for fecundado, a produção do LH reduz em virtude da regressão do corpo-lúteo e ocorre a menstruação. 

A nidação ocorre quantos dias antes da menstruação? 

Ocorre entre o 7º e 9º dia pós ovulação. O momento da nidação marca o início de uma gravidez. 

Nidação ou menstruação: quais são as diferenças? 

As principais diferenças são as características do sangue e o fluxo. 

Nidação: 

  • Pouco fluxo; 

  • Duração entre 2 e 3 dias; 

  • Coloração mais escura. 

Menstruação: 

  • Maior fluxo; 

  • Duração entre 4 e 7 dias. 

Escape por privação de medicamento 

Outro fator que pode ser confundido com a nidação é o escape por privação de medicamento. 

Isso ocorre quando a mulher não se lembra de tomar os medicamentos recomendados para evitar gravidez, como o anticoncepcional ou quando ela toma a pílula do dia seguinte. 

Esse sangramento se assemelha com o da nidação, tem pouco volume e sua coloração é amarronzada.  

Nesses casos, recomenda-se aguardar o início do fluxo menstrual. Caso não ocorra, é importante procurar auxílio médico para realizar exames que comprovem ou não a gestação. 

O que pode atrapalhar a nidação? 

Há alguns fatores que podem prejudicar a nidação, como:

  • Qualidade embrionária; 

  • Distúrbios hormonais; 

  • Problemas no endométrio (nem sempre o endométrio está receptivo ao embrião) 

  • Doenças uterinas, tais como miomas, malformações do útero, pólipos endometriais e entre outras. 

Nesses casos, uma avaliaçao detalhada é importante e o seu médico pode solicitar exames ginecológicos e exames de sangue para diagnóstico. 

Quando devo fazer um teste de gravidez para tirar a dúvida? 

Habitualmente a mulher realiza o teste de gravidez (Beta HCG) frente a um atraso menstrual. 

Em caso de resultado positivo, outros exames de gravidez são solicitados.

Agende seu exame

 Se quiser agendar no RJ clique aqui

 

Quantos dias após a nidação o exame dá positivo? 

Após a implantação (nidação), o embrião produz HCG, gonadotrofina coriônica humana, que poderá ser dosado no sangue da mãe, por volta do 14º dia pós ovulação.

 

Categoria
Saúde