Ultrassonografia transvaginal: como é feito o exame e como se preparar

Tudo o que você precisa saber sobre o ultrassom transvaginal: o que é, para que serve, os tipos, preparo para o exame e orientações importantes.
usg

O ultrassom transvaginal é muito importante para detectar complicações presentes no canal vaginal das mulheres e para acompanhar a gestação.

A Alta Excelência Diagnóstica sabe que fazer um exame em um local de confiança faz toda a diferença! Prezamos por segurança e confiabilidade de todas as nossas pacientes, oferecemos atendimento de altíssima qualidade e possuímos equipamentos de última tecnologia.

O que é ultrassom transvaginal e para que serve?

O ultrassom transvaginal é um exame de imagem não invasivo, capaz de avaliar o canal vaginal, colo do útero, útero, trompas de Falópio e os ovários da mulher.

As imagens fornecidas pelo exame são de extrema qualidade, o que possibilita observar irregularidades presentes nesses órgãos.

A avaliação serve para diagnosticar possíveis cistos, infecções, gravidez ectópica e câncer, que podem se tornar casos graves se não diagnosticados previamente.

Já durante a gravidez, o exame pode identificar sinais de aborto, acompanhar os batimentos cardíacos do feto, examinar a saúde da placenta e identificar irregularidades na vagina.

Como funciona o exame transvaginal?

Para realizar o exame transvaginal, a paciente deverá ficar em posição ginecológica, deitada em uma maca com as pernas afastadas e o joelho levemente dobrado.

O médico insere um transdutor com preservativo e lubrificante no canal vaginal, para que facilite a passagem no equipamento, que deverá permanecer de 10 a 15 minutos no canal, podendo se mover para resultar em melhores imagens.

Durante esse tempo, o instrumento utilizado emite ondas sonoras de alta frequência e possibilita a formação das imagens nas estruturas pélvicas. As imagens são diretamente enviadas para um monitor para que seja possível ser avaliada por um profissional.

Pré-requisitos

O único pré-requisito do exame é que deve ser feito por mulheres que já tiveram relação sexual.

Preparo para o ultrassom transvaginal

O exame não exige nenhum preparo específico. As coordenadas são dadas no agendamento e no dia do exame e, geralmente, é apenas necessário que a paciente esteja de bexiga vazia e esteja vestindo um avental clínico que será entregue minutos antes da avaliação. 

Contraindicações

O exame é indicado apenas para mulheres que já tiveram relações sexuais.

Tempo de duração

Geralmente o tempo de duração do exame é de 20 a 30 minutos.

Periodicidade do exame

A periodicidade do exame é definida por um profissional de acordo com cada caso, porém é um exame de rotina que serve para diagnosticar precocemente qualquer complicação e o ideal é realizar anualmente.

Quando devo agendar um USG transvaginal?

O ultrassom transvaginal deve ser agendado a pedido de um ginecologista ou obstetra. Durante a gestação, o exame é recomendado para acompanhar o início da gravidez, entre a 6ª e a 12ª semana.

Quais os tipos de ultrassom transvaginal?

No Alta temos vários tipos de ultrassom transvaginal que são responsáveis por identificar inúmeras complicações no canal vaginal da mulher, são eles: 

  • USG TRANSVAGINAL PARA ENDOMETRIOSE;

  • USG TRANSVAGINAL CONTROLE DE OVULAÇÃO;

  • USG TRANSVAGINAL TRIDIMENSIONAL;

  • ULTRASSONOGRAFIA TRANSVAGINAL PARA NÃO GESTANTES;

  • USG OBSTÉTRICA TRIGEMELAR ENDOVAGINAL;

  • USG OBSTÉTRICA GEMELAR ENDOVAGINAL;

  • USG OBSTÉTRICA MORFOLÓGICA;

  • USG OBSTÉTRICO ENDOVAGINAL;

  • USG OBSTÉTRICA COM TRANSLUCÊNCIA NUCAL;

  • DOPPLER TRANSVAGINAL.

 

O que os resultados do transvaginal mostram?

Os resultados do exame transvaginal podem indicar inúmeras complicações. Após a coleta é necessário que a paciente leve o laudo para seu ginecologista ou obstetra, que poderão interpretar os exames e auxiliar em possíveis tratamentos.


Confira as principais dúvidas sobre ultrassonografia transvaginal:

Abaixo respondemos as principais dúvidas sobre a ultrassonografia transvaginal:

Transvaginal dói?

O ultrassom transvaginal é indolor. O exame pode ocasionar alguns desconfortos, principalmente em gestantes e deverá ser exposto para o médico.

Pode fazer transvaginal menstruada?

Sim, a menstruação não interfere na realização ou no resultado do exame.

Pode fazer exame transvaginal na gravidez?

Sim. O ultrassom detecta a gravidez e deve ser feito a partir da sexta semana de gestação, que é quando é possível detectar a gravidez.

Qual a diferença entre transvaginal e endovaginal?

Nenhuma. É o mesmo exame com nomes diferentes, porém todo o processo é o mesmo.

O que é transvaginal com doppler?

O transvaginal com doppler possibilita diferenciar melhor as lesões benignas e malignas e avaliar trombose, aneurismas ou varizes. Além disso, na gestação é possível acompanhar o fluxo sanguíneo da mãe para o bebê.

Onde fazer o ultrassom transvaginal?

O Alta Excelência Diagnóstica, possui unidades em São Paulo e no Rio de Janeiro! Confira nossas unidades clicando aqui e escolha a mais perto de você.

Atendimento ao cliente

Entre em contato com nosso atendimento ao cliente para agendamento e mais informações sobre o Alta.

São Paulo: (11) 3003-5554
Rio de Janeiro: (21) 3003-5552

Categoria
Saúde