Ecocardiograma: o que é e como funciona

eco

 

O ecocardiograma é hoje um dos principais e mais utilizados recursos da cardiologia, pois permite ao médico especialista avaliar e investigar várias doenças cardíacas, sendo também essencial para o planejamento terapêutico e prognóstico delas.

O QUE É ECOCARDIOGRAMA E PARA QUE SERVE?


O ecocardiograma é um exame, realizado no Alta Diagnósticos, de ultrassonografia do coração que fornece imagens obtidas através do som.  Através dessas imagens, o médico especialista pode analisar se o coração está batendo normalmente, e se o fluxo sanguíneo está adequado. Também é possível diagnosticar doenças que afetam a anatomia e a fisiologia do coração, como insuficiências e malformações cardíacas. Esse exame não oferece risco algum para o paciente e é uma ferramenta essencial para a cardiologia moderna.

 

COMO É FEITO O EXAME ECOCARDIOGRAMA?


O ecocardiograma é um exame realizado por meio de um aparelho de ultrassom. O dispositivo é capaz de captar ondas sonoras e transformá-las em imagem. Para a realização do ecocardiograma, é necessário remover todas as jóias e roupas acima da cintura. Poderá ser oferecido ao paciente uma roupa cirúrgica para o seu melhor conforto. O paciente será posicionado de barriga para cima e em seguida o médico cardiologista especializado deslizará um transdutor com gel sobre o peito do paciente para visualizar todas as partes do coração. O gel facilita a visualização, é fabricado à base de água e não causa alergia em contato com a pele.

Em alguns momentos poderão ser feitas pequenas pressões para facilitar a visualização do órgão e as funcionalidades que devem ser testadas, sem causar dor ou desconforto ao paciente. O procedimento dura em média 20 minutos. No entanto, o passo a passo pode variar de acordo com o tipo de ecocardiograma. Por exemplo, o transesofágico, apesar de ser bem menos comum, é mais complexo e exige a aplicação de medicamentos e sedativos para a introdução do tubo.

 

Image removed.

 

PRÉ-REQUISITOS PARA FAZER O ECOCARDIOGRAMA

Para realizar um ecocardiograma, não há muitos pré-requisitos. Além de se dirigir à unidade com toda a documentação e no horário agendado, talvez seja necessário retirar jóias e objetos que possam atrapalhar a realização do exame. 

 

PREPARO DO EXAME DE ECOCARDIOGRAMA


Em geral, não é necessária nenhuma preparação antes do exame em adultos. Porém, existem dois tipos de ecocardiograma que precisam de preparo: o ecocardiograma transesofágico e o sob estresse. É necessário observar as recomendações de preparo.

No ecocardiograma transesofágico, é necessário jejum de 6 horas para evitar náuseas e vômitos. Já no ecocardiograma sob estresse, é recomendado não comer nada pesado para evitar enjoos. Além disso, o ideal é utilizar roupas que permitam a prática de exercícios. Lembrando que o ecocardiograma é um exame simples, rápido, e que não usa radiação.

CONTRA-INDICAÇÕES 

Não há contra-indicações para a realização do ecocardiograma.

TEMPO DE DURAÇÃO


O ecocardiograma é um exame em geral rápido, dura aproximadamente de 20 a 30 minutos (salvo exceções).


PERIODICIDADE DO EXAME

Não há um consenso sobre a periodicidade do ecocardiograma, ficando a critério do cardiologista pedir o exame conforme a necessidade do caso.


TIPOS DE ECOCARDIOGRAMA


O ecocardiograma é um exame que apresenta diversos tipos, para diferentes situações. Entretanto a escolha de qual método deve ser utilizado é feita por um especialista, de acordo com o caso específico de cada paciente. O exame ecocardiográfico se difere quanto à tecnologia utilizada e em relação à estrutura anatômica que será analisada. Sendo assim, a primeira diferença é se ele é unidimensional ou bidimensional.


ECOCARDIOGRAMA UNIDIMENSIONAL


O exame de ecocardiograma de forma unidimensional foi a primeira forma a ser elaborada e tem como objetivo a medição do diâmetro das câmaras cardíacas (átrio e ventrículo) e a espessura do tecido miocárdico. Isso significa que o exame investigará situações relacionadas à alteração do tamanho das câmaras cardíacas, condições que se relacionam a doenças parasitárias, como consequência de enfermidades pulmonares, entre outras.

 

ECOCARDIOGRAMA BIDIMENSIONAL


O ecocardiograma bidimensional possibilita a transformação das imagens em duas dimensões, facilitando a interpretação dos exames se comparado à versão unidimensional. Assim, será possível observar nuances da estrutura das cavidades que não foram captadas anteriormente.

ECOCARDIOGRAMA TRANSTORÁCICO


Em relação à localização, o ecocardiograma pode ser transtorácico, transesofágico, com estresse farmacológico e fetal. O ecocardiograma transtorácico é o tipo mais comum, menos invasivo e totalmente indolor. O aparelho é utilizado externamente e movimentado por todo o lado esquerdo do peito para captar ondas e checar a atividade do coração.

ECOCARDIOGRAMA TRANSESOFÁGICO


No exame transesofágico, o transdutor do ultrassom é colocado pareado ao esôfago, o que permite avaliar o coração e certas estruturas cardíacas, em virtude da proximidade desses órgãos.

ECOCARDIOGRAMA COM ESTRESSE FARMACOLÓGICO


O ecocardiograma com estresse farmacológico é aquele em que o preparo do exame envolve a administração de substâncias estimuladoras para o coração, para observar o funcionamento do órgão, sendo monitorada a resposta do paciente. Esse exame pode ser requerido junto ao teste ergométrico com o objetivo de identificar anormalidades cardíacas.

ECOCARDIOGRAMA FETAL


Quando necessário, a gestante fará o ecocardiograma fetal, em que o transdutor é colocado na parede abdominal para identificar anormalidades cardíacas no feto e intervir precocemente nas situações mais críticas.

 

ECOCARDIOGRAMA COM DOPPLER


O ecocardiograma com Doppler proporciona uma avaliação criteriosa das condições circulatórias do órgão, sendo um exame mais completo para identificar alterações no fluxo sanguíneo.

ECOCARDIOGRAMA COM DOPPLER COLORIDO


É um exame direcionado à avaliação do coração, de alta sensibilidade, rápido e não invasivo. Utiliza feixes de ultrassom para obter imagens da anatomia do coração em tempo real, possibilitando avaliar sua estrutura (câmeras, músculos, válvulas, grandes artérias e veias). Através da técnica de dopplerfluxometria, permite que o médico analise a direção e turbulência do fluxo sanguíneo e diagnostique obstruções valvares e arteriais.

QUAIS AS DOENÇAS QUE O ECOCARDIOGRAMA DETECTA?

Dentre as muitas doenças que um exame de ecocardiograma pode detectar, podemos observar:

  • Insuficiência cardíaca, conhecido como coração fraco;

  • Doenças das válvulas cardíacas, conhecido como sopro;

  • Doenças de nascimento, conhecidas como congênitas;

  • Doenças do pericárdio, capa que reveste o coração;

  • Doenças da aorta torácica, conhecida como aorta dilatada;

  • Tumores cardíacos, benigno como mixoma atrial;

  • Crescimento de cavidades atriais e ventriculares;

  • Presença de coágulos dentro do coração que podem migrar para o corpo.

 

PREPAROS PARA O EXAME

O Exame de ecocardiograma é requisitado de acordo com necessidades específicas do paciente e de acordo com orientação médica.