Cintilografia Cardíaca: tecnologia para cuidar do seu coração

Entenda como o exame pode ser fundamental para detectar problemas cardíacos
Cintilografia Cardíaca

 

A cintilografia do miocárdio é um exame que tem finalidade de avaliar o fluxo sanguíneo nas artérias que nutrem o músculo cardíaco, detectando possíveis falhas na irrigação de determinadas regiões do coração. Esse exame é indicado para pessoas que são propensas a doenças cardiovasculares, podendo identificar e prevenir problemas cardíacos mais graves, como, por exemplo, o infarto do miocárdio e acidentes vasculares cerebrais.

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo. Apenas no passado, 17 milhões de pessoas foram vítimas de problemas coronarianos, como ataques cardíacos e derrames e, em 30% dos casos, o ataque cardíaco é fatal. No Brasil, 300 mil pessoas sofrem infartos todos os anos de acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

O infarto do miocárdio é uma doença provocada por diversos fatores que agem conjunta e simultaneamente. Entre eles, destacam-se: obesidade, tabagismo, hipertensão, colesterol alto, estresse, diabetes, histórico familiar e sedentarismo. "O stress também é citado como um dos principais fatores de risco que podem causar o infarto e levar a morte, mas depende se associado aos outros aspectos destacados. A prevenção e controle de stress e depressão são fundamentais para prevenção de doenças cardiovasculares, por isso é essencial manter a avaliação cardiológica e os exames em dia", explica o cardiologista, Dr. Roberto Cury, do corpo clínico do Alta Diagnósticos.

Muitos desses casos podem ser evitados logo no início com avaliações periódicas. O exame de Cintilografia está entre eles. "A Cintilografia Cardíaca é um dos exames que auxiliam nesse diagnóstico. É muito comum pacientes fazerem o teste ergométrico e o resultado vir positivo. Isso não significa o paciente deve logo ir para a angiografia coronariana, também conhecida por cateterismo", explica o especialista em medicina nuclear, Dr. Dalton dos Anjos, coordenador de PET e Cintilografia do Alta Diagnósticos.

Como funciona o exame?

O exame possibilita a formação de imagens no aparelho, avaliando como o sangue está chegando aos vasos capilares sanguíneos. Ele pode ser feito em repouso, com o paciente sentado ou deitado, com o teste de estresse físico numa esteira ou bicicleta ergométrica, sempre mantendo jejum.

Categoria
Saúde